quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Eu tenho medo!

Hoje, dia do Relações Públicas, gostaria de fazer uma confissão: Eu tenho medo!
Tenho medo de ter uma idéia fabulosa e meu chefe não entender;
Tenho medo de investir em uma pós graduação e ser demitida;
Tenho medo de dar minha opinião na frente do Presidente da empresa e ele me achar uma idiota;
Tenho medo de ter certeza de uma coisa e não conseguir convencer os envolvidos de que o projeto é bom;
Tenho medo de parecer desinformada e de não entender o que os executivos querem dizer com todos aqueles termos empresariais...
Tenho medo de não saber planejar direito, de errar no orçamento do ano, de não conseguir alinhar a rotina com a estratégia;
Tenho medo de não conseguir entender e seguir a missão da empresa;
Tenho medo de tanta coisa!
Mas é exatamente isso que me move, que me faz querer aprender e sair do comodismo do velho discurso acadêmico de que o RP precisa estar ligado ao Presidente, que RP é uma função estratégica e blá, blá, blá...
Eu tenho pela certeza que enquanto eu tiver medo das coisas, a minha carreira só tenderá a crescer... Pois diferente do que as pessoas acham, ter medo é bom, desde que a gente não se acovarde perante ele.
Eu tenho medo e não tenho vergonha!
E você, tem medo de quê?

5 comentários:

Ocappuccino.com disse...

Que belo texto. Temos que ter muitos medos sim e enfrentá-los. Parabéns e coragem para romper os obstáculos.

Sei que ontem foi o #diadorp, mas sei também que pras gurias do 'Quem não se comunica' todos os dias são os #diasdorp.

MATEUS

Vane Gomes disse...

Opa, obrigada! \o/

Ainda bem que não é o medo que nos impede de escrever neste blog, mas sim o tempo. :p

Abraços, Vane

Mel Danda disse...

Eu tb tenho medooooooooooo!!!!
morro de medo de mudar e mudo toda hora....
é loucura? insanidade?
sei lá...
ainda não defini e nem quero!
tem sensações que não tem definição.
mudar é ruim mas é bom - dá um medo.... um medo.....! hehehehehe - mas é o que não nos deixa paradas!
Adorei!

Paula Salomão disse...

Eu tenho medo é de não conseguir realizar todos os projetos que eu tenho para a minha vida profissional e pessoal com a miséria que um RP ganha. Valha-me Deus!
Beijão

Paula Salomão disse...
Este comentário foi removido pelo autor.